28 abr 2020

EDIFÍCIO DE DOIS BLOCOS DE APARTAMENTOS HABITACIONAIS EM WOLFHAUSEN - SUÍÇA

Categoria Eventos de Obra
  • EDIFÍCIO DE DOIS BLOCOS DE APARTAMENTOS HABITACIONAIS EM WOLFHAUSEN - SUÍÇA

Mais uma obra com a colaboração da Central Projectos está a ser finalizada na Suíça. Foram entregues planos de cofragem e a nível de desenho, as armaduras e demais elementos estruturais. Todos os planos foram compatibilizados com a arquitetura através da linguagem em BIM, diminuindo, assim, os possíveis contratempos em obra.
Trata-se de um conjunto habitacional, localizado em Wolfhausen, com dois blocos de apartamentos e piso enterrado comum, destinado a garagem. Cada Bloco, possui 4 pisos. O bloco A é constituído pelas seguintes tipologias: rés-do-chão e piso 1 com dois apartamentos T3 e um T1, com áreas de 112,90 m2 e 52,20 m2, respetivamente; Piso 2, com um T3 duplex de 143,51 m2 e três T1 de 63,79 m2. O Bloco B possui, em cada piso, um apartamento de tipologia T1, com 63.82 m2. A área de implantação é de 384 metros quadrados para o Bloco A e de 75 metros quadrados para o Bloco B.

A.Galvão

Últimos artigos
30 jul 2020
Assinatura do Auto de Consignação da Ampliação de Lar de Idosos da Irmandade da Nossa Senhora das Necessidades – Fiscalização da Central Projectos
A obra prevê a ampliação do edificado existente com a construção de um volume novo com 3 pisos, com 13 novos quartos duplos ao nível do piso superior, com uma nova clínica de medicina física e de reabilitação criada ao nível do rés-do-chão e, no piso inferior, com lavandaria e áreas técnica. 
22 jul 2020
COVID-19: Prevenção e Controlo de Infeção no Setor da Construção
Apesar do período de confinamento que ocorreu no nosso país, a construção foi um setor que nunca cessou suas atividades. Nos últimos tempos, principalmente na zona de Lisboa e vale do Tejo, foi reportado um aumento significativo do contágio de colaboradores neste setor, o que fazia adivinhar a tomada de medidas pelas autoridades competentes.
10 jul 2020
O MERCADO IMOBILIÁRIO E A CRISE EM PORTUGAL
É certo que os efeitos do COVID-19 afetarão de forma extrema a economia portuguesa, uma vez que sua maior percentagem vem através do turismo. Contudo, essa quebra da economia estaria maior caso não fosse os investimentos imobiliários e em construção no país.
Partilhar artigo Partilhe este artigo nas redes sociais
x
O nosso website usa cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização. Ao utilizar o website, confirma que aceita a sua utilização. Esperamos que esteja de acordo. Política de Utilização de Cookies.